Arquivo do mês: abril 2009

Eleanor Rigby

Sobre uma das minhas preferidas dos Beatles desde que comecei ouvi-los aos 12 anos: "Eleanor Rigby" é uma canção do grupo de rock inglês The Beatles, originalmente lançada no álbum Revolver de 1966. A canção foi inicialmente escrita por Paul … Continuar lendo

Publicado em Música | Deixe um comentário

de Clarice… ???

“Rifa-se um coração quase novo. Um coração idealista. Um coração como poucos. Rifa-se um coração que, na realidade, está um pouco usado, meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos e cultivar ilusões. Um coração inconseqüente e precipitado, … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Deixe um comentário

de Clarice…

"Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. Sou irritável e firo facilmente. Também sou muito calma e perdôo logo. Não esqueço nunca, mas há poucas coisas de que eu me lembre. Sou paciente, mas profundamente colérica, como … Continuar lendo

Publicado em fragmentos | Deixe um comentário

À Palo Seco*

Se você vier me perguntar por onde andei No tempo em que você sonhava De olhos abertos lhe direi Amigo, eu me desesperava Sei que assim falando pensas Que esse desespero é moda em 73 Mas ando mesmo descontente Desesperadamente … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

É tão simples…*

Quero mais Quero mais É tão simples abusar do meu espírito ingênuo Já passaram mil romances, caravanas, sentimentos Desarvorados Num tempo sublime Do verbo amar. Amarei aquele que chegou Pra não partir jamais Partiu Agora eu quero mais*Chico Buarque

Publicado em Música | Deixe um comentário

Jamelão

  Como a Lua pondo-se na noite Dando lugar ao sol em um vai-e-vem constante Assim crescemos , sem que muita gente percebesse mas, a meu parecer ainda mais aquele dia A nosssa conversa pareceu-me a mesma falavámos de nossa … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Deixe um comentário

Não, não é cançaso

    Não, não é cansaço…      É uma quantidade de desilusão       Que se me entranha na espécie de pensar,       E um domingo às avessas      Do sentimento,      Um feriado passado no abismo…       Não, cansaço não é…  … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Deixe um comentário