Fragmentos…



"… Sabia muito bem que minha felicidade em penetrar um texto vinha principalmente de minha falta de imaginação. Nesse terreno, os espíritos verdadeiramente criadores são tão raros que é inútil indagar de mim mesma por que não tentei conquistar um lugar entre eles; fôra preferível explicar como certos indivíduos são capazes de elaborar bem esse delírio concertado que é um sistema, e de onde lhes vem a obstinação que dá a suas concepções o valor de chaves universais.".



* fragmento de uma das memórias que Simone de Beauvoir escreveu: A Força da Idade vol I pg 197. Ela pensava isso e escreveu um montão de livros evidentemente com propostas revolucionárias para a época. Como não existe nada mais para ser revolucionado neste sistema de coisas, não escreverei um livro, ok? (hahahhaa…pretenciosa, nada!). Mas ainda existe aqueles que possuem "espíritos verdadeiramente criadores".

Sobre anaylop

Sou um instantâneo das coisas apanhadas em delito de paixão a raiz quadrada da flor que espalmais em apertos de mão. ... Sou uma impudência a mesa posta de um verso onde o possa escrever "A defesa de um poeta" N. Correia
Esse post foi publicado em fragmentos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s