Para todas as coisas

Para seduzir,
olhar
Para divertir, bobagem
Para o carro, devagar
Mas para enfrentar, coragem

Para
acreditar, mentira
Para discutir, opinião
Para levantar, sol
Mas para dormir, colchão

Para
entender, conflito
Para se ganhar, amigo
Para deletar, mensagem
Para o verão, viagem

Para fofocar,
revista
Para distrair, TV
Para uma dieta, açúcar
E para amar, você

Para
encontrar, vontade
Para atravessar, a ponte
Para desejar, sorte
E para ouvir, Marisa

Para Capitu,
Machado
Para uma mulher, Clarice
Para Guimarães, Brasil
Na terceira margem do rio

Para o
secador, molhado
Para o colar, anel
Para o batom, um beijo
Sempre muito apaixonado

Para se
pintar, espelho
Para se perder, aposta
Para dividir, segredo
Para namorar, se gosta

Para um
biscoito, avó
Para comprar, essencial
Para todas as coisas, nó
E para terminar, final

Ana Cañas*

*Lembra "Diariamente" do Nando Reis… Não lembra?

Anúncios

Sobre anaylop

Sou um instantâneo das coisas apanhadas em delito de paixão a raiz quadrada da flor que espalmais em apertos de mão. ... Sou uma impudência a mesa posta de um verso onde o possa escrever "A defesa de um poeta" N. Correia
Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s