É preciso perdoar

É preciso perdoar


Ah, madrugada já rompeu

Você vai me abandonar

Eu sinto que o perdão você não mereceu
 
Eu quis a ilusão agora a dor sou eu

Pobre de quem não entendeu

Que a beleza de amar é se dar

E só querendo mentir nunca soube o que é perder pra encontrar

Eu sei… Que é preciso perdoar

Foi você quem me ensinou que um homem como eu

Que tem por que chorar

Só sabe o que é sofrer se o pranto se acabar

 

Carlos Coqueijo

 

Sobre anaylop

Sou um instantâneo das coisas apanhadas em delito de paixão a raiz quadrada da flor que espalmais em apertos de mão. ... Sou uma impudência a mesa posta de um verso onde o possa escrever "A defesa de um poeta" N. Correia
Esse post foi publicado em Um samba lindo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s