Acas Casual – Lafusa

L A F U S A

Acaso Casual 

Sei quem
sou

Escolha a
sua ausência
Eu proponho um novo amor
Lembro o fim de tarde
Eu me lembro de sofrer
Eu ouvir de um pássaro uma lição do que é viver

Dizer,
sentir…
Saber ouvir
E querer amar
Eu esqueço que é verdade
Essa minha perfeição, não condiz com a vontade
E o que é mais perfeito que nós dois?
Difere a realidade do que foi
– O jantar já está na mesa meu amor…

Deixe
assim
O seu velho retrato que eu peguei sem nem pedir
Lembrei velhos momentos e eu nem vivi
Por trás dessas palavras não vou cantar em si

Deixa
usar a máscara
que a razão vai pros dois lados
O encontro de um casal
É causado pelo acaso
E o futuro passa meio que atrasado

Eu quero o Tom na zaga

E o Chico de atacante


Se quiser chama o Camelo e o Amarante

Composição: Aloizio Michael/Jamil Chequer

Sobre anaylop

Sou um instantâneo das coisas apanhadas em delito de paixão a raiz quadrada da flor que espalmais em apertos de mão. ... Sou uma impudência a mesa posta de um verso onde o possa escrever "A defesa de um poeta" N. Correia
Esse post foi publicado em Música. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s